Ficha Técnica

Existe Outro Caminho: a primeira geração do rap nacional, pt. 1 capa
Capa de: Douglas Lopes

Existe Outro Caminho: a primeira geração do rap nacional, pt. 1
Autores: Douglas Lopes (roteiro e arte) e Max Koubik (roteiro)
Preço: R$ 24,90
Editora: Publicação independente
Publicação: 2020
Número de páginas: 60
Formato: 17 × 24 × 1 cm. Colorido / Lombada quadrada / Capa cartão
Gênero: Documental
Sinopse: Década de 80. Nas ruas de São Paulo vemos o nascimento do Hip hop nacional. Conheça os primeiros passos do Rap e sua revolução.

***

Filha do projeto de conclusão de curso do roteirista Max Koubik e do ilustrador Douglas Lopes, Existe Outro Caminho: a primeira geração do rap nacional, pt. 1  é uma bem-vinda HQ sobre o gênero musical. 

Em um momento que o Rap se consolida cada vez mais, se expande para fora do eixo Rio-São Paulo, ganha novos contornos e figuras, é necessário voltar ao começo. Um resgate para que não se perca as raízes e entenda as motivações que levaram a criação da cena e é isso que os quadrinistas fazem com sucesso. 

A voz do Hip hop

Arte de: Douglas Lopes

Dando voz ao próprio rap, a HQ é dividida em dois momentos que vão do início dos encontros na São Bento, demonstrando a força do local para a gestação do movimento em São Paulo, a criação daquele que seria um dos principais grupos do estilo no país – o Racionais MC’s.

Nesta primeira parte da HQ fica claro como o trabalho de pesquisa dos autores foi feito com esmero. E o resultado, mesmo que condensado, é entregue com muito capricho. Nele vemos um desfile de personalidades, locais e coletâneas que ajudaram a fortalecer e a propagar o movimento por toda a capital paulista. Servindo assim como porta de entrada para aqueles que desejam aprender mais sobre a história do Largo São Bento e este primeiro momento do Hip hop. E de quebra os autores ainda fizeram algumas releituras das capas dos discos citados com QR Codes que enviam diretamente para o Spotify para você ouvi-los.

Os Racionais MC’s

Tendo os Racionais MC’s como protagonistas da segunda parte, a HQ conta a trajetória de Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay. A formação do grupo, os inúmeros corres, a abertura do show do Public Enemy até o lançamento do disco Raio-X do Brasil em 1993. 

Mostrando como o quarteto se conheceu e toda a correria do inicio da carreira: inúmeras ligações para rádios, casas de show, bar. Tudo para ter um local para tocar e espalhar a palavra ativa. E assim como na primeira parte da HQ, o resultado é primoroso e entrega um olhar apaixonado pelo grupo.

Com um texto rápido, Existe Outro Caminho: a primeira geração do rap nacional, pt. 1 também conta com uma arte ágil e uma bela paleta de cores, com predominância do amarelo e do azul. O roteiro ainda conta com alguns easter eggs musicais. Pequenos trechos inseridos aqui e ali que saltam aos olhos de quem possui uma maior familiaridade com o estilo, mas que também enriquecem a história.

E que venha a segunda parte, pois a história do rap está em boas mãos com Douglas Lopes e Max Koubik nos mics. 

Nota: 3 de 5

Compartilhe

Autor: Thiago de Oliveira

Há mais de duas décadas lendo e colecionando quadrinhos. Tem mais da metade do que gostaria e menos do dobro do que queria ter. Não dispensa um pão de queijo, um café e uma cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *